NOTA DO SINDICATO RURAL DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS



Em razão da visita do ex-presidente Lula à nosso Estado, as manifestações efetuadas contra os produtores rurais e à publicação denominada: “E não é que Lula tem razão? ARTIGO DO DIA”, de autoria de João Loredi Lemes veiculada na página http://www.novapauta.com/2018/03/e-nao-e-que-lula-tem-razao.html, do dia 21 de março de 2018.

Na referida publicação o seu autor além de dar razão ao Sr. Lula, nas infelizes afirmações contra a classe produtora rural, acrescenta outros argumentos, como herança e dados do IBGE, para desmerecer os integrantes da classe produtora, quem ler a publicação poderá verificá-los, caso não tenha sido deletada.

Causa estranheza a publicação mais recente na mesma página, do Sr. João Loredi Lemes onde afirma que apenas reproduziu as afirmações do Sr. Lula, pois basta ler aquela publicação para verificar que foi muito além, ou seja, comunga do mesmo pensamento e, ainda, faz constar outros elementos de justificação.

A presente nota tem por finalidade principal esclarecer aqueles desinformados(Lula e João Lemes) que os produtores rurais de São Francisco de Assis e região, que não têm tamanho, sejam grandes, médios ou pequenos, todos trabalham exaustivamente em suas propriedades rurais para gerar comida e riqueza a nosso País e apesar da grave crise que passa a nação e o próprio setor primário, vem garantindo o superavit da balança comercial.

Os produtores rurais, também, não importando seu tamanho, dependem de financiamento bancário e todos eles, às duras penas, muitos descapitalizando-se horam com seus compromissos e não dependem de “arrego” como afirmou o ex-presidente e aplaudiu o jornalista eis que um dos menores índices do sistema financeiro é o Crédito Rural com 3,74%.

Neste contexto o Sindicato Rural de São Francisco e Assis, vem, de público repudiar de forma veemente as manifestações de conteúdo desabonatório à classe produtora rural como os proferidos pelo ex-presidente Lula e replicados com outras justificativas, como fez o jornalista João Loredi Lemes em artigo de sua autoria, uma vez que estes não refletem a conduta honesta, íntegra e de incansável trabalho que realizam para por alimento diariamente nas mesas brasileira e de diversas partes do mundo, gerando renda a patrões e empregados, diversos empregos, tributos e movimentando o comércio e a industria nacional.

O setor primário é responsável por 22% do PIB de nosso País e gera 19 milhões de empregos, mais de 20% do total de empregados do Brasil em uma área de apenas 27% do território Nacional e mais, nossa região possui vocação para produção primária(agricultura e pecuária) sendo a principal atividade econômica da expressiva maioria dos Municípios Brasileiros oque nos capacita a repudiar tais manifestações que em nada contribuem para nosso desenvolvimento econômico e social.


---------------------------------------------------------------------------




Tecnologia do Blogger.