"Circulam nas redes sociais e no jornal expresso notícias distorcidas" diz Vereador Wallao



O vereador Antônio Luis Wallao que é líder da bancada Progressista na Câmara de São Francisco de Assis  postou uma nota de esclarecimento em seu perfil no Facebook falando sobre um mal entendido que circula nas redes sociais e no jornal expresso.


NOTA DE ESCLARECIMENTO:

Circulam nas redes sociais e no jornal expresso notícias distorcidas a cerca da reunião da Câmara do último dia 19/11/2018 quando estava em pauta de votação entre outros o projeto de lei nº 73 que autorizava a doação de um terreno com área de 3179,5 m2 a empresa Vallau Móveis ou seja o que estava em votação era o parecer de inconstitucionalidade do mesmo porque não estava acompanhado do processo de licitação conforme preceitua o artigo 10 -A , da Lei Orgânica Municipal, essencial a sua tramitação e o projeto de nº 77 que autorizava permuta de um terreno urbano por uma área na Picada do Padre onde há um poço já perfurado e com condições de abastecer às quarenta famílias da redondeza além da escola, igreja e associação de moradores.

Diante destes fatos, quero esclarecer em nome da bancada Progressista que o projeto 73 sequer foi apreciado e o que se estranho mais uma vez é que apesar de ter havido tempo para sua retirada e correção optou-se pela permanência, dando a impressão de que ao invés da Lei Orgânica, se querer usar "lei do passado" pois o argumento é de que "antes era feito assim". 

Ora, precisamos acompanhar as leis e se em nossos mandatos nos cercamos de profissionais para o assessoramento é para não cometermos erros dessa natureza. 

Por fim esclareço que todo projeto que contiver as cláusulas exigidas pela legislação será de pronto apreciado e aprovado se for para melhorias em prol do povo assisense.

Vereador Antônio Luís Wallao
Líder da Bancada Progressista

Tecnologia do Blogger.