"

VEREADORA JUSSARA MATHEUS SAIU EM DEFESA DO VEREADOR PARAGUASSU DA HORA

21:55:00




Na sessão ordinária da câmara de vereadores desta segunda-feira (11/03) tiveram continuidade as discussões em torno do assunto do momento em São Francisco de Assis que é a realização do concurso público no domingo (10/03). 

A vereadora Jussara Mateus (PDT)  elogiou a conduta e a ação do vereador Paraguassu da Hora (Progressistas) reconhecendo o seu feito e ainda agradeceu pela sua atitude registrando que suas filhas puderam prestar o concurso com segurança, já que será acompanhado pela justiça, uma vez que a empresa contratada para realizar o concurso está sendo investigada. 

Cabe fazer uma ressalva, com relação ao legislativo e o judiciário, o primeiro tem a missão de fiscalizar e o segundo de julgar, portanto não é missão do vereador julgar, nem da justiça fiscalizar, cada um tem que fazer a sua parte para que realmente tenhamos a tanto falada democracia, só falada por alguns vereadores e praticada só a favor deles.

Já o vereador Dilamar Salbego (PDT) na tentativa de defender a administração municipal frente à suspensão do concurso público, demonstrou desconhecer o assunto, primeiro falando e admitindo que o concurso não teve lisura, e segundo que as suas informações estão totalmente equivocadas quando afirma com base em “achismos” e não em fatos, pois participaram na licitação somente duas empresas Legalle Concursos e Objetiva Concursos e não a Legalle e mais duas. Vale salientar que ambas (Legalle e Objetiva) são investigadas pelo Ministério Público.

Diante disso o vereador Paraguassu da Hora (Progressistas) fez um alerta a população assisense para o desconhecimento de alguns vereadores dos fatos ocorridos em nosso município, num assunto tão importante como é um concurso público, e que não são capazes de fazer aquilo que é realmente a  sua função de legislador, ou seja fiscalizar a administração municipal e legislar em prol da sociedade, do coletivo e não em benefício somente de alguns. 

Entrevistado pela reportagem do Portal Redação Regional, o vereador Paraguassu da Hora disse que não pode deixar de falar sobre a infantilidade e desrespeito do vereador Jeremias Oliveira (PDT) para com o seu trabalho e a sua pessoa, quanto agiu como um "guri arteiro", postando frases ofensivas e charges depreciativas na internet, as quais ninguém “curtiu” sendo que depois excluiu, mas o vereador Paraguassu afirma que as tem guardado em seus arquivos. (Clic Redação)


LEIA TAMBÉM

0 comentários